Sexta-feira, 17 de Setembro de 2004

Imaginação

 


Eu posso te sentir... te ver... te ouvir...


sempre que quero. Não me desespero.


A mente deseja, o coração lateja,


e te sinto meu... aqui dentro...


no fundo da alma. Isso me acalma.


Sinto teu gosto, teu cheiro.


Sinto-te... inteira. Toco tua face


como se não importasse ser apenas em sonho.


Esse proceder me conforta. Que me importa,


se tudo isso é irreal, pois esse foi o único jeito


que eu encontrei de te ter, afinal!


 

publicado por stone7 às 19:23
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Ausente Estive!

. ...

. torno-me assim

. Nuno...

. Tu amas-me por Mim

. A Lua e Tu

. Quando os meus lábios...

. O amor, a paixão...

. Como custa dizer...

. Para ti, amor!!!

.arquivos

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds